fbpx

Los Angeles: como chegar, quando ir, onde ficar e mais


Los Angeles está localizada no estado da Califórnia e é um dos destinos mais procurados nos Estados Unidos. Não apenas pelos parques de diversões incríveis que tem por lá, como por exemplo Disney e Universal, mas também por causa de Hollywood.

Cheia de estúdios de cinemas e muitos famosos, Los Angeles é um ótimo destinos para amantes de cenários cinematográficos e que, ao mesmo tempo, curte uma vibe hippie.

Los Angeles fica localizada no estado da Califórnia, nos Estados Unidos da América.

Avião

Para chegar em Los Angeles, saindo do Brasil, você precisará pegar avião. Você encontrará passagens que variam de R$1.900,00 à R$3.500,00, dependendo de dois fatores. Primeiramente, os valores variam de acordo com a época do ano. Em segundo lugar, os valores variam se o voo tiver ou não escala.

+ leia nosso post sobre dicas para você pesquisar passagens aéreas, clicando aqui.

Carro

Se você já estiver nos EUA, como, por exemplo, em São Francisco (Califórnia) ou Las Vegas (Nevada), uma ótima opção é alugar um carro e ir dirigindo até Los Angeles (Califórnia).

Nós fomos de Las Vegas para Los Angeles de carro em uma viagem de mais ou menos 5 horas de duração, com algumas paradas pra tirar fotos e para almoçar.

A estrada de Las Vegas para Los Angeles atravessa o deserto, onde você encontra uma paisagem totalmente diferente do que você está acostumado no Brasil. Inegavelmente é uma das vistas mais incríveis que já vi!

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider


É uma estrada excelente para dirigir e muito bem sinalizada, então não se preocupe, basta seguir o GPS.

Para locar o carro estando aqui no Brasil, recomendamos o site RentCars, preços excelentes e sem cobrança de IOF.

Rota de Las Vegas para Los Angeles: pegar a rodovia I-15

Quando ir/visitar Los Angeles:

Los Angeles é bem quente no verão e frio no inverno, mas nem se compara as temperaturas extremas de Las Vegas. No verão, a média de temperatura é de 29°C e no inverno é de 19°C .

Então qual a melhor época do ano pra ir para Los Angeles?

Levando em consideração o índice de precipitação das chuvas, a melhor época do ano para visitar Los Angeles é de maio a outubro. Estive em Los Angeles no mês de agosto e peguei dias quentes (muito quentes!) e ensolarados.

A vantagem de Los Angeles é que as atrações turísticas não dependem tanto das temperaturas, podendo ser aproveitadas tanto no calor quando no frio. Assim, a única coisa que pode acabar estragando um pouco a sua viagem, são as chuvas.

Onde se hospedar em Los Angeles:

Infelizmente, Los Angeles é uma cidade caríssima tanto para se hospedar quanto para comer. Por isso, esteja preparado para pagar caro em hotéis com qualidades medianas só pela localização.

Conforme eu irei falar no próximo tópico deste post, em Los Angeles você não consegue circular apenas a pé. Isso porque a cidade é gigantesca e você precisará de um carro/uber ou utilizar o transporte público.

Infelizmente, não importa o local que você escolha para se hospedar, você sempre acabará longe de algum ponto turístico.

Assim, para escolher o seu local de hospedagem você precisa saber qual meio de transporte você utilizará durante a sua viagem.

Hollywood

Quando visitei Los Angeles na Califórnia, conclui que o melhor lugar para se hospedar era em Hollywood, nos arredores da rua Hollywood Boulevard, mais conhecida como “Calçada da Fama”.

Deu muito trabalho encontrar o hotel ideal. Nós não queríamos nada luxuoso, estávamos buscando algo apenas para dormir, e ainda assim foi difícil. A qualidade dos hotéis por lá são baixíssimas, cada um com problemas diferentes, conforme eu verificava nas avaliações dos viajantes do Booking e do TripAdvisor.

+ clique aqui para ler nosso post com ótimas dicas para pesquisar hotéis no Booking e no Airbnb.

No fim das contas, encontramos um apartamento para alugar em Hollywood, localizado a 10 minutos de distância de carro da Calçada da Fama. O apartamento ficava em um bairro lindo e tranquilo. Ademais, ele tinha uma decoração super fofa, cozinha e limpeza impecável.

O nome do apartamento é Hollywood Hills Spanish e você pode reservá-lo pelo site Booking, clicando aqui para usar o nosso link com desconto, pois assim você também nos ajuda a manter o blog no ar 🙂

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider


Vantagem de se hospedar em Hollywood:

  • perto da Calçada da Fama, shoppings e dos principais restaurantes e bares da cidade;
  • hotéis com qualidade um pouco melhores que os demais bairros da cidade;
  • tem estações de metrô por perto.


Desvantagem de se hospedar em Hollywood:

  • está distante das praias de Santa Monica e Venice Beach.


Downtown

Downtown é a antiga Los Angeles, onde você encontra diversos pontos turísticos famosos, como por exemplo o Walt Disney Concert Hall.

Porém, por ser um bairro mais antigo, simples e afastado do agito de Hollywood, muitos dos viajantes consideram um bairro um pouco mais perigoso, não sendo aconselhável caminhar sozinho pelas ruas, principalmente à noite.

Em contrapartida, existem bons hotéis nesta área, apesar de pouco luxuosos, com preços mais acessíveis do que os hotéis de Hollywood.

Vantagem de se hospedar em Downtown:

  • vida noturna agitada;
  • hotéis com melhores custo x benefício;
  • tem estações de metrô por perto.


Desvantagem de se hospedar em Downtown:

  • distante dos principais pontos turísticos de Hollywood;
  • pode ser um pouco perigoso durante à noite, dependendo do local que você estiver.


Beverly Hills

Beverly Hills é o lugar para quem está a procura de luxo, glamour e até experimentar um pouquinho de fama. Lá é o tipo de lugar que você pode encontrar uma das Kardashians fazendo compras em mais um dia normal.

Por isso, se prepare para pagar diárias de hotéis muito acima dos valores normais.

Los Angeles: além de Hollywood, Beverly Hills é um ponto turístico imperdível

Vantagem de se hospedar em Beverly Hills:

  • área tranquila e mais segura que os demais bairros de Los Angeles;
  • área majoritariamente residencial mas com boas opções para compras.


Desvantagem de se hospedar em Beverly Hills:

  • preços de hospedagem muito acima da média;
  • distante de todos os demais pontos turísticos de Los Angeles.


Santa Monica

Santa Monica é a região das praias, onde você encontra o famoso píer com parque de diversões. Ali do ladinho está a praia Venice Beach. A região é famosa pela sua vibe californiana que você vê em filmes de Hollywood.

Los Angeles: praia de Santa Mônica

Vantagem de se hospedar em Santa Monica:

  • está perto da praia e de bares mais descolados, com uma ótima vida noturna.


Desvantagem de se hospedar em Santa Monica:

  • distante de todos os demais pontos turísticos de Los Angeles;
  • hotéis com preços altos.


Perto do Aeroporto

Muitas pessoas acreditam que se hospedar perto do aeroporto é uma ótima forma de economizar, e elas estão certas. Porém, em Los Angeles o aeroporto fica bem distante dos pontos turísticos da cidade. Assim, sem dúvidas você precisará alugar um carro se optar se hospedar por lá.

Ademais, o tráfico em LA é muito intenso. Desta forma, ficar perto do aeroporto só fará você desperdiçar horas da sua viagem presa no trânsito.

Como se locomover em Los Angeles:

Los Angeles é uma cidade grande, assim como São Paulo. O tráfico é intenso 24 horas por dia e até mesmo encontrar uma vaga para estacionar nas ruas é complicado.

Assim, nem cogite a possibilidade de economizar fazendo tudo a pé, porque isso é impossível. Por exemplo, de Hollywood a Santa Mônica, de carro, você gasta 1 hora. Já de transporte público, umas 2 horas.

Você não precisa, necessariamente de um carro, mas você precisará utilizar algum meio de transporte, seja público ou particular.

Carro

Nós escolhemos a opção de alugar um carro em Los Angeles, pois já viemos de carro de Las Vegas. Preferimos o carro do que usar o transporte público da cidade pensando mais na economia de tempo e não de dinheiro.

Apesar do trânsito da cidade, ir de carro ainda foi mais rápido do que utilizar o metrô, já que este não vai para todos os pontos da cidade.

Para locar o carro estando aqui no Brasil, recomendamos o site RentCars, preços excelentes e sem cobrança de IOF.

Estacionamento:

Se prepare para pagar estacionamentos caríssimos, principalmente na área de Hollywood.

Por exemplo, na Calçada da Fama pagamos 20 dólares a diária. Este era o estacionamento mais barato que encontramos, já que ele ficava bem no final da Hollywood Boulevard, meio que fora do agito.

De noite, demos um pulinho novamente na Calçada da Fama para ir em uma loja e quase todos os estacionamentos já estavam fechados. O único que encontramos custou cerca de 5 dólares 15 minutos. Então se preparem para facada!

Multas:

Tome muito cuidado no momento de estacionar. Lá a fiscalização das leis de trânsito é rigorosa, então tome cuidado para não estacionar em lugares proibidos ou sem pagar o “parquímetro”. Você pode ser multado ou guinchado.

Muitas vezes, ocorre de em um determinado horário do dia ser permitido estacionar em determinado local e em outro horário ser proibido.

Clique aqui para ler um post excelente do blog Vindo Pra Cá onde ele conta todos os detalhes sobre dirigir no trânsito de Los Angeles.

Táxi/Uber

Assim como em diversos destinos os táxis tem preços um pouco salgados, porém, é uma ótima opção para se locomover por Los Angeles. Muitas vezes os hotéis indicam taxistas de confiança, então dê uma perguntadinha na recepção.

Já o Uber é uma opção mais barata, porém, fique atento a cobrança neste aplicativo. Isto porque, o pagamento do Uber é feito por meio de cartão de crédito e, por isso, toda vez que você pagar uma corrida será cobrado IOF. Em alguns lugares, como no Brasil, o Uber já aceita o pagamento em dinheiro, então, se tiver essa opção, melhor ainda.

Metrô e Ônibus

Mapa do Transporte Público de Los Angeles:

Clicando aqui você encontra os mapas completos do transporte público de Los Angeles. Você pode ver o mapa geral ou o mapa de cada linha separadamente, tanto do ônibus quanto do metrô.

Linhas de Metrô:

O metrô de Los Angeles possui 6 linhas que funcionam, geralmente, entre às 4h30 a.m até 1h30 a.m (este horário pode variar de acordo com a linha).

  • Red Line (vermelha): te leva do norte de Hollywood para Union Station;
  • Purple Line (roxa): te leva de Wilshere/Western para Union Station;
  • Blue Line (azul): te leva de Downton para Long Beach;
  • Expo Line (azul clara): te leva de Downton para Santa Mônica;
  • Green Line (verde): te leva de Redondo Beach para Norwalk;
  • Gold Line (dourada): te leva de Est Los Angeles para Azusa.


Linhas de Ônibus:

  • Local Buses (linhas locais): param a cada dois quarteirões e os ônibus são laranjas;
  • Rapid Buses (ônibus rápidos): são ônibus que fazem paradas apenas nos principais cruzamentos e são pintados de vermelho;
  • Express Buses (ônibus expressos): os ônibus expressos andam apenas em rodovias para percurso de longas distâncias e com menos paradas;
  • Orange and Silver Lines: são ônibus que circulam em vias exclusivas


Como saber qual metrô/ônibus pegar:

O site oficial do Metrô de Los Angeles é extremamente bem explicado. Por lá, você consegue simular a sua rota. Neste link, basta incluir o seu ponto de partida e o destino para que o site dê todas as direções para você chegar no local.

O site é excelente, pois não te fala apenas a linha de metrô que você precisará pegar, mas também as linhas de ônibus corretas, para você não acabar entrando no ônibus errado.

Cartão TAP:

Para andar de metrô e ônibus será necessário ter na mão o Cartão TAP.

O cartão custa 1 dólar se você adquirí-lo em uma máaquina expedidora ou 2 dólares se a aquisição ocorrer em algum ponto de venda.

Clicando aqui você consegue pesquisar todos os pontos de vendas TAP e clicando aqui você encontra o local das máquinas expedidoras do TAP, inclusive com um passo a passo de como usar a máquina.

Existem 4 tipos de pacotes de passagens que interessam aos turistas, conforme valores abaixo:

  • Passe para apenas 1 trajeto: 1,75 dólares. Inclui todo o serviço do metrô;
  • Passe Livre de 1 dia: 7 dólares. Inclui as linhas de ônibus Silver e “Metro Express Buses”;
  • Passe Livre de 7 dias: 25 dólares. Inclui as linhas de ônibus Silver e “Metro Express Buses”;
  • Passe Livre de 30 dias: 100 dólares. Inclui todo o serviço do metrô.


Ainda, para todos estes pacotes, você tem 2 horas para fazer baldeação de forma gratuita para ônibus em apenas uma direção, ou seja, não vale tentar ir e voltar para um destino pagando apenas uma passagem.

Por fim, ressalto que cada pessoa deve ter o seu próprio cartão, não sendo possível compartilhá-lo.

O que fazer em Los Angeles:

Clique aqui para ler nossos posts sobre tudo o que tem pra fazer em Los Angeles.