fbpx

Restaurantes em Bariloche: os mais tradicionais da cidade


Muita gente escolhe Bariloche como destino não apenas por causa da neve e de suas lindas paisagens, mas também pelos restaurantes que servem o famoso chorizo e a picanha argentina. (Só de pensar dá água na boca! rs)

Existem vários restaurantes em Bariloche, mas os três mais tradicionais e disputados são: Alto El Fuego, El Boliche del Alberto e Familia Weiss. Por isso, experimentamos os três para contar pra você, aqui no blog, se realmente eles merecem toda a fama que tem.

Foto de Capa: El Boliche de Alberto

Primeiramente, antes de falar dos restaurantes acima citados, vou deixar algumas dicas que eu acho importante quando se trata de onde comer em Bariloche:

  • Os restaurantes abrem tarde no jantar, lá pelas 20 horas;
  • Chegue antes do restaurante abrir: todos os restaurantes em Bariloche estão sempre lotados e com fila de espera;
  • A cidade é pequena então não existe tantas opções de restaurantes assim.

Alto El Fuego

O restaurante Alto El Fuego foi, de longe, o nosso favorito em Bariloche. Visitamos este restaurante no primeiro dia, quando ainda não sabíamos do perrengue que era encontrar um lugar pra jantar na cidade, que não tivesse fila de espera. Apesar de este restaurante estar com fila de espera de 1 hora, resolvemos aguardar, pois já estávamos no nosso limite da fome rs

Este restaurante tem um pequeno “porão”, onde foi montado um bar e algumas mesas para você esperar. O lugar é super agradável e lá são servidas bebidas e entradas.

Informações Gerais:

  • Endereço: 20 de Febrero, 451, Bariloche;
  • Estacionamento: sim e é gratuito;
  • Reservas: devem ser feitas através do e-mail [email protected];
  • Horário de Funcionamento: segunda-feira à domingo, do meio dia às 15h e 20h à meia noite.

Cardápio:

Os pratos principais deste restaurante são focados em carnes. Asim, se você estiver procurando outro tipo de comida, como massas, por exemplo, este não é o restaurante certo pra você.

Restaurantes em Bariloche: cardapio do Alto El Fuego
Cardápio com valores de 2019 em peso argentino

O valor mais alto do prato principal é de 600 pesos argentinos, o equivalente a uns 45 reais. O prato de carne é muito bem servido mas não acompanha as guarnições, que são pagas à parte.

Nosso Pedido:

Como ficamos aguardando disponibilizar mesa, acabamos pedindo uma entrada de “chorizo”. Estava muito gostosa e serviu muito bem duas pessoas.

Entrada de chorizo – Valor: 150 pesos argentinos

Por fim, quando finalmente sentamos na mesa, nós dois pedimos bife de chorizo acompanhado de batatas fritas. Infelizmente, a nossa fome era tanta que nós esquecemos de tirar foto do prato.

Nós gastamos, por pessoa, o valor de 1.045 pesos, que equivale a cerca de R$75,00.

O que achamos deste restaurante:

Este foi o nosso restaurante favorito em Bariloche. Apesar de estar super lotado, o atendimento foi excelente e a qualidade da comida também. Este foi o melhor chorizo que comemos em toda a nossa viagem.

Por fim, acredito que este seja um dos restaurantes em Bariloche com o melhor custo x benefício, isso se não for o melhor.

El Boliche de Alberto

El Boliche de Alberto é, sem dúvidas, um dos restaurantes mais disputados em Bariloche. Existem dois restaurantes deste na cidade, e os dois tem filas de espera quilométricas.

No dia em que fomos neste restaurante, chegamos lá cerca de 40 minutos antes de abrir e ficamos esperando no carro. Porém, quando faltava uns 20 minutos para abrir, nós tivemos que descer e ficar parados na porta (congelando de frio), porque pessoas estavam começando a chegar e se amontoar para entrar primeiro.

Fomos um dos primeiros a entrar e, cerca de 15 minutos depois de abrir, já havia fila de espera na porta.

Informações Gerais:

  • Endereço: Calle Elflein, 158 e Avenida Bustillo, km 8,8;
  • Estacionamento: apenas o restaurante da Avenida Bustillo tem vagas na porta para estacionar;
  • Horário de Funcionamento: segunda-feira à domingo, do meio dia às 15h e 20h à meia noite.

Cardápio:

Tal como o restaurante Alto El Fuego, este restaurante é focado em carne mas serve pasta também.

Restaurantes em Bariloche: cardapio El Boliche de Alberto
Cardápio com valores de 2019 em peso argentino

Neste cardápio o valor das carnes variam entre 350 e 600 pesos argentinos, havendo, inclusive, a opção de pedir meia porção de carne.

O acompanhamento também deve ser pedido à parte. A porção de batatas fritas, no valor de 160 pesos argentinos, é gigantesca, servindo 2 pessoas (e ainda sobra).

Nosso Pedido:

De entrada pedimos uma empanada, que estava bem gostosa mas nada de super especial.

Entrada “emapanada” – Valor: 70 pesos argentinos

Para o prato principal pedimos chorizo (não enjoamos nunca!) e uma porção de batatas fritas para acompanhar.

Bife de chorizo – 550 pesos argentinos + Porção de batatas fritas – 160 pesos argentinos

Nós gastamos, por pessoa, cerca de 850 pesos argentinos, o equivalente a, mais ou menos, R$60,00.

O que achamos deste restaurante:

O restaurante é agradável e a comida é gostosa, mas ainda assim não se compara a qualidade da carne servida no Alto El Fuego. De qualquer maneira, gastamos bem menos neste restaurante e concluímos que o restaurante vale a pena.

Em relação ao atendimento, achei um pouco demorado, mas nada de outro mundo que chegasse a incomodar.

Familia Wiess

Familia Wiess também é um dos restaurantes mais tradicionais em Bariloche, e está sempre lotado. Porém, estivemos lá mais pro final da hora do almoço e conseguimos sentar sem precisar aguardar.

Informações Gerais:

  • Endereço: Vice Almirante O´Connor, esquina com Palacios, 8400, Centro, San Carlos de Bariloche;
  • Estacionamento: não há;
  • Horário de Funcionamento: segunda-feira à domingo, do meio dia às 15h30 e das 20h às 23h30.

Cardápio:

Este restaurante, também focado em carnes, oferece o preço mais barato do que os demais restaurantes de Bariloche. O prato do bife de chorizo, por exemplo, custa 350 pesos argentinos, cerca de R$25,00.

Restaurantes em Bariloche: cardapio da Familia Weiss

Nosso Pedido:

Novamente, pedimos bife de chorizo, porque era nosso último dia de viagem e última oportunidade de comer essa carne rs E claro, pedimos batatas fritas para acompanhar (porque eu sou viciada em batata!).

Ademais, para variar, eu estava com fome e esqueci de tirar foto do prato 🙁

Foto: TripAdvisor – enviada pelo viajante Diego G

Nós gastamos cerca de R$50,00 por pessoa neste restaurante, o mais barato dos três.

O que achamos deste restaurante:

Infelizmente, de todos os restaurantes de Bariloche que experimentamos, este é o único em qual eu não voltaria. O atendimento estava bem demorado e era difícil conseguir chamar a atenção do garçom. Ainda, o meu bife de chorizo estava com nervos, o que me dificultava o corte da carne.

Apesar disso, eu acredito que tenha sido azar nosso, pois todo mundo com quem conversamos em Bariloche falou muito bem deste restaurante.


Que tal experimentar cervejas artesanais em Bariloche? Clique aqui para saber mais sobre a Cerveceria Patagonia, a cervejaria mais famosa da cidade.